trilhar

domingo saímos para mais uma trilha. desta vez em são francisco xavier, distrito de são josé dos campos e que fica a 100km de são paulo. escrevo isso no final de terça e minhas pernas ainda sentem o esforço da trilha de domingo, resultado do meu ritmo sedentário. esse ano já fizemos três trilhas e esta fez parecer as outras duas bem leves. 

é um clichê dizer que todo esforço valeu a pena, mas ao rever as fotos do dia, com os sorrisos, o verde vibrante das folhas em contraste com o azul do céu, somados às lembranças de bons momentos, faz a gente entender porque as pessoas fazem isso, porque elas buscam esse contato com a natureza e porque todo cansaço físico acaba sendo um remédio para o cansaço mental acumulado. 

na trilha os pensamentos parecem mais leves pois a atenção está onde se pisa, na paisagem nunca antes vista, no alto onde as árvores imponentes se colocam a sombrear o caminho, na respiração ofegante e nas pequenas coisas que chamam atenção. 

folhas, pinhas, flores, sementes, pedras, que vamos pegando ao longo do caminho com vontade de guardar pra sempre mas que sabemos, iremos soltar antes da próxima subida. 

mais um momento único que passou, que não se repete jamais. por mais que se tente repetir uma experiência, cada uma é única e insubstituível. e eu estou grata por esta.